Skip to Content
ícone de alerta Horários e Tarifas
ícone de alerta Rede de Paragens
ícone de alerta 2 unread messages Avisos

Metro Mondego e Câmara de Coimbra assinam protocolo para a plantação de mais 608 árvores no concelho

2024-01-24
ícone do facebook ícone do linkedin

A Metro Mondego (MM) e a Câmara Municipal de Coimbra (CMC) assinaram esta quarta-feira, dia 24 de janeiro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, um protocolo para a execução do Plano de Reforço de Estrutura Arbórea. O protocolo destina-se a regular a elaboração, execução, acompanhamento e manutenção dos projetos do Plano e prevê a plantação de 608 árvores em vários pontos da cidade, que se juntam às mais de 600 plantações já previstas no âmbito do Sistema de Mobilidade do Mondego (SMM). O documento foi assinado pelo presidente da Câmara, José Manuel Silva, pelo presidente do Conselho de Administração (CA) da MM, João Marrana, e pela vogal do CA da MM, Teresa Jorge.
Para além das mais de 600 árvores previamente previstas, o protocolo define a plantação de mais 608, a decorrer em terrenos públicos municipais, em três locais específicos do concelho. A plantação das mesmas vai acontecer na ribeira do Vale das Flores (436 árvores), em quatro espaços da Rua António Ferrer Correia (106 árvores) e em vários locais da zona da Solum (66 árvores).
O protocolo estipula que a MM fica responsável por elaborar os projetos de plantação e, em articulação com a autarquia, assegurar a concretização do Plano. Isto é, compete à MM assegurar todos os procedimentos e diligências necessárias à elaboração e execução dos projetos integrados no plano, garantindo a articulação e acompanhamento da CMC na fase de elaboração e execução dos mesmos. Depois dos espaços intervencionados, cabe à autarquia assegurar a sua manutenção. Este protocolo tem a vigência de dois anos, renovável.
A sessão serviu ainda para se outorgar o contrato de execução da intervenção na Avenida Ferrer Correia (com a empresa Viaplanta, no valor de 51 mil euros) e efetuar a abertura do concurso para a intervenção na ribeira do Vale das Flores (com preço base de 258 mil euros), que decorrem da assinatura do protocolo.


Este website utiliza cookies para melhorar a sua visita. Ver mais
Por favor, preencha os campos da pesquisa.